Análise – Bridge Constructor: The Walking Dead

Última atualização:
LANÇAMENTO
19/11/2020
DESENVOLVIDO POR
CLOCKSTONE STUDIO
PUBLICADO POR
HEADUP GAMES

Bridge Constructor é um tipo de jogo diferente, que te faz pensar, agir, errar, corrigir, e finalmente, acertar. Para os jogadores que estão buscando uma experiência única e fora dos padrões que estamos acostumados, ele é uma ótima opção. Unindo isso a uma das séries mais espetaculares já criadas, temos Bridge Constructor: The Walking Dead.

O jogo é do gênero quebra-cabeça, foi desenvolvido pela ClockStone STUDIO e publicado pela Headup. Lançado para Xbox One, PlayStation 4, Nintendo Switch, PC, iOS, Android, Xbox Series X|S e PlayStation 5, plataformas não faltam para jogar Bridge Constructor: The Walking Dead.

O jogo funciona bem? Ainda segue fazendo os jogadores quebrarem a cabeça? E os personagens da série, como ficaram no game? Essas e muitas outras perguntas, serão respondidas agora, na nossa análise de Bridge Constructor: The Walking Dead.

História simples…

Apesar de ter a série dos mortos-vivos como pilar no jogo, Bridge Constructor não tem como seu ponto forte a história. Tudo serve como um pano de fundo, de forma simples, sem momentos tão marcantes, mas totalmente funcional.

O foco do game é totalmente voltado a jogabilidade, mas não pense que o enredo é mal elaborado ou preguiçoso, pois, como eu disse, ele é simples e funcional. Temos as presenças de Daryl, Michonne e Eugene nas missões, o que deixa tudo com um sabor especial, ainda mais para os fãs da série.

Um ponto muito bacana e que eu não poderia deixar de comentar nesta análise, é o fato da personalidade dos protagonistas se manter fiel a do seriado, cada palavra que eles falam parece realmente combinar com o que vemos assistindo a série. Eugene é o inteligente, que usa palavras complexas e elabora bem suas frases, Daryl segue sendo o durão e Michonne tem aquela seriedade e força, mas ainda assim um grande coração.

Esses são detalhes que o jogo transmitiu com perfeição, me fez sentir que os nossos heróis da série realmente estavam ali e que o jogo não usou os nomes dos protagonistas e de The Walking Dead apenas para ganhar visibilidade, quando na verdade o que vemos jogando é só uma caricatura da versão verdadeira do personagem, como alguns jogos já fizeram por aí (Cof, Cof, Marvel’s Avengers… KKK)

Jogabilidade agradável!

Temos como principal objetivo no jogo, obviamente, construir pontes. Seja para nossos heróis atravessarem, seja para protege-los ou mesmo para eliminar os errantes da área. Tudo é muito simples de entender e rapidamente você domina os comandos do game.

Fazemos as estruturas da forma mais criativa e estratégica possível, para que assim, nossa ponte se mantenha firme e possamos atravessa-la com segurança. Em certos níveis, teremos que criar uma ponte autossustentável, ou seja, algo que sustente a sí próprio e consiga “parar em pé” sem desmoronar. Isso é desafiador e perdi boas horas quebrando a cabeça para tentar imaginar a melhor estrutura que eu poderia criar. Para os arquitetos, engenheiros civis e apaixonados por física e gravidade, isso é viciante!

Também poderemos dar comandos básicos para nossos personagens na fase, como: andar para direita ou esquerda, ligar uma máquina, subir ou descer escadas, usar armadilhas e iscas para lidar com os errantes e por aí vai, cada protagonista terá também uma habilidade especial para auxiliar no gameplay. Tudo é bem intuitivo e de fácil compreensão, não demora muito para ver como o jogo funciona e viciar naquele sistema.

Vale lembrar, que o jogo possui legendas em português, facilitando o entendimento de tudo, principalmente das mecânicas e comandos que temos a disposição. A trilha sonora dos menus é a mesma da abertura da série, confesso que adorei quando soube disso. Mas, tirando isso, a música é bem discreta durante a jogatina, achei que poderiam trazer um pouco mais de trilha sonora aqui.

O jogo entrega tudo aquilo que prometeu!

Ao jogar Bridge Constructor: The Walking Dead, tenha em mente que você não verá o melhor enredo, os melhores gráficos ou os melhores diálogos. Mas pode apostar que terá em mãos um quebra-cabeças divertido, um jogo daqueles para jogar descompromissado ao final de um dia cansativo, ou mesmo para fugir dos gêneros mais famosos no mundo dos videogames.

A duração do jogo varia bastante, já que vai de cada jogador o tempo necessário para finalizar um nível. Alguns tem mais facilidade e avançarão rápido, enquanto outros, levarão mais tempo para conseguir passar da fase. Mas fique tranquilo e jogue sem pressa, vivencie o jogo e pense antes de colocar as estruturas.

O começo do game pode fazer parecer que as missões serão muito difíceis, mas com o tempo você se acostuma e conforme se aproxima do final do jogo a naturalidade para passar das fases virá. Outro fator bem positivo, é o de que o jogo simplesmente não enjoa, cada ambiente, nível e situação é diferente e por mais que os objetivos sejam parecidos, a jogatina não cai na repetição e não perde o embalo.

Bridge Constructor: The Walking Dead me agradou e divertiu por boas horas e, acima de tudo, me fez lembrar que um jogo não precisa ser complexo, bonito ou caro para ser bom, já que as vezes, a simplicidade é o que faz as coisas tão prazerosas.

Esta análise só foi possível graças a ClockStone STUDIO e Headup Games que gentilmente nos disponibilizaram uma cópia para avaliação do jogo, fica aqui o nosso agradecimento e confiança. O jogo já está disponível para Xbox One e Xbox Series X|S e pode ser adquirido por meio do nosso link afiliado no final desta análise.

Análise – Bridge Constructor: The Walking Dead
CONCLUSÃO
Bridge Constructor: The Walking Dead é um bom jogo, capaz de viciar e entreter por horas. Nem todos curtem esse gênero e estilo de jogo, a história não é marcante, mas para aqueles que procuram um quebra-cabeça simples e descompromissado, este é o game ideal.
Gráficos
6.5
Som
6.5
Jogabilidade
9
Diversão
9
PRÓS
Jogabilidade viciante
Jogo divertido do inicio ao fim
Simples e agradavel
CONTRAS
Falta uma trilha sonora mais marcante para o gameplay
A história é esquecível
8
VICIANTE
COMPRE AQUI BRIDGE CONSTRUCTOR: THE WALKING DEAD

Leia Mais
Já começou a pré-venda do jogo Feather no Xbox One