Caixa Indie: Meawja

Não é novidade para ninguém que eu adoro títulos feitos em pixel art. Felizmente nos últimos anos temos vistos cada vez mais jogos com esse estilo artístico. Toda vez que eu me deparo com um, meus olhos brilham e sinto a necessidade de jogá-lo. Pode soar exagerado, mas para quem vivenciou a era de ouro dos games em 8/16 bits, isso é totalmente normal e aceitável.

Meawaja – em combate

Acompanhar o cenário indie é um deleite sem fim e é justamente nele que encontramos uma centena de projetos promissores. Fico feliz em ver que estúdios pequenos estão conseguindo lançar seus jogos, mesmo com limitações orçamentárias.

Lançar um game é uma tarefa complexa, que necessita de muita dedicação, dinheiro e paciência. Principalmente em um cenário onde se privilegia muito os gráficos em detrimento da qualidade, ou como acontece em alguns casos, onde o TAMANHO do projeto é mais importante do que qualquer coisa.

Como se tamanho ou gráficos pudessem determinar se um jogo é bom ou ruim. Mas isso é um assunto para outra hora. Felizmente o cenário indie tem sido um alento para todos nós nesses últimos anos.

Meawaja – diante do perigo

No Brasil temos muitos estúdios trabalhando em seus sonhos. Alguns conseguiram publicar grandes títulos, outros estão a caminho de fazer o mesmo. O que temos percebido nos últimos meses, é que muito desses projetos conseguiram alcançar fama internacional, sendo muito bem aceitos pela crítica especializada. Diante de uma lista gigante de títulos escolhi um para o Caixa Indie desta semana. O jogo em questão é o Meawja, que atualmente está sendo desenvolvido pelo estúdio Galope Team.

O primeiro contato

Antes de falar sobre o Meawja, quero comentar a minha experiência com outro título da Galope Team. Um game de plataforma feito em pixel art, que me lembrou muito o meu querido nintendinho. O jogo em questão é o Ravva and The Cyclops Curse.

Nele controlamos uma pequena feiticeira que se vê na obrigação de salvar a sua mãe de uma terrível maldição. Eu encontrei esse jogo por acaso, em uma de minhas pesquisas no Steam por títulos com estilo retrô. Eu fiquei muito empolgado em jogá-lo, mais ainda, quando descobri que o estúdio responsável pelo jogo era brasileiro.

Ravva and The Cyclops Curse

No game temos o poder de invocar pequenas criaturas, cada qual com habilidades únicas, que serão muito úteis em nossa jornada. Eu curti cada minuto de gameplay desse jogo e a batalha final, que não darei spoilers, é maravilhosa. Outro ponto forte desse jogo são os gráficos, que lembram em muito um game da era de ouro do nintendinho.

O estúdio

É óbvio que assim que eu finalizasse o Ravva, correria atrás de conhecer outros trabalhos da empresa. E foi aí que me deparei com o promissor Meawja.

O estúdio é formado por duas pessoas, na verdade um casal e dois gatos. Gabrianne “Gabz” é a responsável pela parte artística, Esdras, o marido, é o programador. E os gatos TianaLoki, que completam o time, ajudam com carinho e paciência, porque até eles já perceberam que não é fácil desenvolver um jogo.

Logo do estúdio

Ambos possuem empregos formais em tempo integral, tornando o processo de desenvolvimento do projeto um pouco mais lento. De tudo que eu pude ler sobre o estúdio, percebi que há muito dedicação e amor a esse projeto. Eles também possuem um Patreon, onde postam constantemente novidades sobre o game. Se você tiver interesse em ajudar, basta clicar nesse link aqui.

O projeto

Com relação ao título, Meawja é um jogo de plataforma de ação com gráficos estilo 8 bits, onde você assume o papel de um gato preto. Seu objetivo é enfrentar o Desafio do Mestre para se tornar um ninja. Você abrirá caminho através de cavernas, masmorras, desertos e muito mais, tudo isso com gráficos retrô coloridos inspirados em jogos clássicos de NES.

Meawaja – inimigo ou amigo?

Nesta jornada árdua, você encontrará amigos e inimigos enquanto enfrenta inúmeros perigos para provar seu valor. A jogabilidade é baseada em jogos oldschool, sendo simples e direto, portanto a habilidade do jogador é o que faz a diferença entre a vitória e a derrota. Este jogo é o primeiro grande projeto da Galope Team.

Vendo os vídeos e as imagens disponibilizadas pelo estúdio, fico com a impressão que esse título será um grande sucesso. Eu quero muito ter a oportunidade de jogá-lo. Ele será lançado para o PC e por enquanto não há informações sobre um possível lançamento nos consoles.

Gameplay

Logo abaixo temos alguns minutos de gameplay, vale a pena conferir:

Contatos do estúdio

Website: www.galopeteam.com/
Contato para Imprensa/Negócios: info@galopeteam.com
Mídias Sociais: Facebook | Twitter | Instagram

Leia Mais
Zenitsu e Inosuke são os novos personagens do jogo baseado no anime Demon Slayer