Xbox e Bethesda showcase entrega uma conferência com uma ótima mudança de estratégia, mas com pouco relacionado aos seus exclusivos AAA

 

Desde a compra da Bethesda pela Microsoft muito se teorizou do que agora o Xbox teria e do que seria mostrado e o último evento envolvendo o console da gigante norte-americana provou que a Zenimax e todo o seu emaranhado de desenvolvedoras está deslanchando e produzindo e dois dos seus produtos foram mostrados: Redfall e Starfield. Redfall é produzido pela Arkane, a mesma produtora de Dishonored e o mais recente Deathloop, que são referências em “immersive sim” que são jogos com altíssima liberdade de estilo de gameplay e de como se completar um level. Redfall é um jogo FPS coop ou não em que o jogador ou os jogadores devem matar vampiros, pela gameplay mostrada se nota a característica de liberdade que a Arkane tem em seus jogos e a extrema liberdade criativa que eles têm para o design de nível, de personagens, armas e em geral. Redfall foi o que mais me empolgou na conferência. Talvez eu tenha ido na contramão de grande parte da audiência em se empolgar com o game da Arkane, já que o queridinho do dia era ele: Starfield. Starfield promete ser o maior projeto da Bethesda e nessa indústria a gente sabe que tudo que vem hiper dimensionado com aquele velho bordão: “o maior jogo do nosso estúdio” deve-se ter no mínimo um pouco de atenção e receio. Enfim, sem mais delongas um gameplay de cerca de 15 minutos do RPG espacial da Bethesda foi mostrado e realmente é algo bem interessante e impressionante, não só pela clara diferença na engine em relação aos games anteriores da desenvolvedora, mas também pelo escopo gigantesco que o jogo apresenta, o que também pode ser perigoso, mas ao mesmo tempo se der certo lá em 2023 o jogo pode ser um sucesso. Destrinchando mais o trailer do game é apresentado a parte de criação dos personagens extremamente detalhada, com uma personalização do formato do corpo, rosto, extremamente específico e a seleção das habilidades do seu personagem. Além disso nota-se cidades bem densas e uma gunplay que não se destaca muito, mas também não é ruim. O sistema de criação de base(settlement) apresenta uma boa evolução em relação ao de Fallout 4 e a parte de construção de naves foi a cereja do bolo nessa parte de construção, para mim, pois pelo que deu a entender parece ser um sistema bem otimizado, nada muito complexo, mas também sem perder os detalhes, já que a própria Bethesda já disse que quer focar muito na questão de detalhes relacionados a física e naves e tudo que envolve espaço. Ao término da apresentação do novo game da Bethesda, Todd Howard disse que o jogador poderá explorar 1000 mundos em Starfield. Sabe-se que Todd Howard tem declarações bem hiperbolizadas em relação aos seus projetos, digo hipérbole para não dizer mentira mesmo. Até porque quem não lembra das quests infinitas de skyrim? Ou das 111 mil linhas de diálogo de Fallout 4? Ou das outras diversas mentiras ditas por Howard. Sim, ele é o protagonista da Bethesda é a peça que mudou o rumo dessa empresa, mas também foi responsável por criar muitos marketings extremamente mentirosos. Entretanto, o que resta para Starfield é esperar, o que foi mostrado nos 15 minutos agradou e mostra que Starfield pode ser a redenção da desenvolvedora norte-americana depois do completo fracasso e desrespeito com os fãs que foi Fallout 76.

 

AS APOSTAS DO XBOX NO JAPÃO E HIDEO KOJIMA

Um dos anúncios mais bombásticos do showcase foi sem dúvidas o persona 5 royal, persona 4 golden e persona 3 todos para o Xbox game Pass que fortalece o bom cenário que o Xbox vem vivendo nas terras nipônicas com um mês que até superou em vendas o Playstation 5 depois de oito anos. Persona é o famoso JRPG de combate em turnos da Atlus que explodiu no seu nicho e que anos depois chega ao Xbox graças a vontade de Phill Spencer que viu que o Xbox poderia ser muito mais além que o estereótipo norte americano de vídeo game. Além dos Personas existe o Wo Long: Fallen Dynasty criado pelos produtores Fumihiko Yasuda (Nioh) e Masaaki Yamagiwa( Bloodborne) , do Team Ninja, que será lançado em 2023 day one no game pass. Um jogo japonês de produtores experientes entrando day one no game pass. Fora essas estratégias o Xbox publicou um comercial exclusivo para o Japão como forma de ascender mais entre os gamers japoneses. Outro anúncio bombástico, mas ao mesmo tempo pouquíssimo detalhado foi a colaboração do Hideo Kojima e o Xbox Game Studios para a criação de um jogo todo em cloud, o próprio Kojima disse que era algo nunca visto, mas ele disse a mesma coisa de Death Stranding e né…então devemos manter as expectativas controladas.

 

O PODER DO GAME PASS

Sem sombra de dúvidas o Xbox Game Pass é uma das maiores revoluções na indústria dos videogames, lá em 2017 quando foi lançado o serviço do console da Microsoft não tinha tanto poder ainda, mas possuía um potencial absurdo que a cada ano que passa se mostra mais ainda juntamente com a cloud que é a forma de jogar em qualquer lugar usando qualquer aparelho que contenha o cloud, ou seja, o usuário poderá jogar Starfield no lançamento usando o seu celular, sem necessitar de um console Xbox ou PC o que de fato é incrível, pois além de permitir que muitos que não possuam as condições financeiras para usufruir do jogo pelo fato de não terem um PC ou Xbox series, também expande a popularidade do game pois atinge o setor mobile, que é gigantesco. Com vários jogos interessantes chegando day one no game pass sendo desde Plague Tale: requiem, passando pelo jogo do criador de Rick and Morty(High on Life), pelo interessante Pentiment produzido pela Obsidian até Hollow Knight: Silksong, fora os jogos japoneses já citados e além de tudo isso a parceria do Xbox com a Riot onde quem jogar League of Legends, Valorant ou qualquer outro jogo da produtora já estará com todos os personagens liberados só demonstra que o Xbox Game Pass caminha a passos largos para o sucesso absoluto, o que vai ser crucial pra isso é o compromisso da Microsoft em manter o serviço atualizado e com títulos atrativos.

 

 

POR FIM…

É inegável que a Era Spencer mudou o Xbox para sempre, principalmente pra quem vivenciou o lançamento pífio do Xbox One em 2013. Com a entrada de Phil Spencer o Xbox mudou, com o lançamento do Game Pass e com as várias compras de empresas inclusive com Zenimax e Activision(em processo). A conferência de 2022 poderia ter sido melhor? Sim, claro, porque cadê os outros jogos dos Studios do Xbox, jogos que foram mostrados em anos passados, como Fable, Perfect Dark, Everwild, Awoed, Contraband, State Of Decay 3, Indiana Jones e até mesmo o novo Hellblade que foi pouquíssimo mostrado do seu gamelay quando foi mostrado. Por mais que esses jogos não terem aparecidos tenha sido decepcionante, o que mais me chamou a atenção desse showcase é a clara mudança de estratégia que Phil Spencer irá adotar nas conferências do Xbox a partir de agora com muito foco em gameplay e além disso outra coisa que me agrada muito é a expansão do Game Pass, ganhando força no Japão e em outras plataformas como o PC e o mobile. O showcase Xbox e Bethesda não foi algo espetacular e surpreendente e não ofuscou o adiamento de Starfield, que de acordo com Todd Howard a data de lançamento estava escrita com tinta, mas serviu como um vislumbre, mesmo que breve, do futuro do Xbox, que sem sombra de dúvidas exprime um potencial, até o momento, superior ao da sua concorrência tudo vai depender de como o Xbox irá usufruir  desse “poder” todo e até a data da publicação desse texto não tem usufruído da melhor forma, mas ainda resta meia década ou mais pela frente…veremos.

 

REFERÊNCIAS

https://www.theenemy.com.br/xbox/xbox-supera-playstation-japao-8-anos

https://twitter.com/BethesdaStudios/status/639485780805578752?ref_src=twsrc%5Etfw%7Ctwcamp%5Etweetembed%7Ctwterm%5E639485780805578752%7Ctwgr%5E%7Ctwcon%5Es1_&ref_url=https%3A%2F%2Fwww.gameinformer.com%2Fb%2Fnews%2Farchive%2F2015%2F09%2F05%2Fbethesda-completes-recording-of-fallout-4-39-s-111-000-lines-of-dialogue.aspx

https://www.eurogamer.pt/skyrim-com-quests-infinitas-artigo

https://www.ign.com/videos/todd-howard-on-skyrims-legacy-elder-scrolls-6-starfield-and-more-ign-unfiltered-61

https://www.gamevicio.com/noticias/2022/06/xbox-cria-novo-comercial-focado-no-japao/

 

 

 

 

 

Se inscrever
Notificar de
guest

0 Comentários
Feedbacks embutidos
Exibir todos os comentários