Análise – Far Cry 5

134

Far Cry pavimentou sua história sobre ideias que mantém o sucesso da franquia até hoje, são elas: localidades de expressão, vilões sádicos e a liberdade total do ambiente. A “nova Ubisoft” colocou estas ideias a prova durante a produção de Far Cry 5, justamente para atestar que é possível se redimir dos erros do passado e mostrar que é possível melhorar algo que já é bom.

entrada edens gate far cry 5

A intenção da análise de um jogo é esmiuçar tudo o que o título oferece, de uma forma sintética podemos dizer que Far Cry 5 é  acima de tudo um jogo leal aos seus princípios, abusando das mecânicas que cativaram os fãs por anos e polindo a fórmula dos jogos estilo mundo aberto que a tempos necessitava ser fomentada. As ideias mencionadas acima foram o ponto de partida necessário para revolucionar a série, os produtores apenas precisaram olhar ao seu redor e usar sua criatividade.

placa yes edens gate far cry 5

A opção por uma história tipicamente americana parece que não foi mera coincidência, trazer a tona discussões políticas, religiosas, culturais e até mesmo sociais foram um tapa na cara de um país que é considerado o número um do mundo. Far Cry 5 mostra o lado frágil da terra da oportunidade, o lugar onde todos os sonhos são tangíveis, graças ao auxílio de um líder sádico e hipócrita.

Sem mais delongas a história de Far Cry 5 é a seguinte, Joseph Seed (O Pai) é o criador e líder da seita cristã Projeto do Portão do Éden, que conta com a ajuda de seus três irmãos, Faith, Jacob e John para controlar e “proteger” o pequeno condado de Hope County de um “colapso fatal”, leia-se Apocalipse. Você assume o papel de um Marshall, um Delegado dos dias atuais, que tenta impedir o maníaco de massacrar o povo de Hope County, que utiliza como motivação uma falsa justiça profética.

joseph seed igreja far cry 5

A grande maioria do eventos presentes em Far Cry 5 e na seita Projeto do Portão do Éden são analogias de diferentes nuances (algumas diretas, outras nem tanto), porém muitas contextualizam com o histórico de um país que envolveu-se (e sofreu) recentemente em inúmeras polêmicas. Após a apresentação inicial do jogo já é possível perceber que Joseph Seed é, após o sádico Vaas de Far Cry 3, o tão aguardado vilão que a franquia buscava, violento, desorientado da realidade e capaz de realizar barbaridades com a certeza de que está sempre no caminho certo.

joseph seed far cry 5

Diferentemente dos vilões anteriores, que eram apresentados como personagens cativantes em uma visão mais Hollywoodiana, Joseph Seed destaca-se por mostrar algo mais real, mais genuíno, mais próximo da atual situação que o mundo se encontra. O grande diferencial de Far Cry 5 é trazer a tona o conflito atual existente entre política, religião, ideias etc, a contemporaneidade no tom de Joseph Seed choca os jogadores pelo simples fato de retratar algo que pode facilmente acontecer.

ambiente floresta far cry 5

Para que Far Cry 5 funcionasse melhor que seus antecessores foi necessário um esforço por parte da Ubisoft em melhorar a já desgastada fórmula de mundo aberto, torná-la mais natural, mais livre e principalmente mais desafiadora. Assim que você termina o prólogo (ilha tutorial) e ganha a liberdade para explorar Hope County é onde percebemos o quanto a série evoluiu. No mapa existem três zonas que são ocupadas pelos seguidores do Pai e controladas por um de seus irmãos. O roteiro de exploração está em suas mãos, você pode realizar missões na região do Jacob, voltar ao sul e enfrentar John, ou se preferir dar uma passeada mais ao leste e conhecer as dependências de Faith, a irmã mais jovem e segunda no comando.

Em Far Cry 5 você decide como será a experiência, a liberdade é total para você moldar a aventura como bem quiser. Jogos como Ghost Recon Wildlands já tinham mostrado uma evolução fantástica em termos de exploração, mas assim como foi feito em Assassins Creed Origins, a Ubisoft elevou esta experiência a um nível jamais visto. O jogo premia, principalmente, os jogadores que abusam da exploração livre, você pode andar em qualquer direção e descobrir novas atividades atípicas como: ajudar NPCs que posteriormente podem ser recrutados para te auxiliar, salvar civis que podem indicar locais que contêm segredos valiosos etc.

detalhes missoes far cry 5

Todas as ações que o jogador executa durante a exploração, sejam nas missões de história, missões da Resistência e até mesmo missões secundárias (NPCs), representam pontos que servem para aumentar o nível da barra de progressão da região.

É verdade que durante o início da campanha ficamos um pouco perdidos, porque diferentemente da versão beta jogada na BGS (Brasil Game Show) onde estávamos restritos a realizar missões X no local Y, agora podemos experimentar por completo a sensação de liberdade.

mapa regioes far cry 5

Começamos seguindo para o sul, sem qualquer tipo de mini-mapa, seguindo apenas a orientação da bússola na parte superior da tela, logo de cara descobrimos diversos pontos de interesse (missões). Atravessamos o rio e batemos de frente com um grupo de arautos (soldados) da seita atacando pobres civis, matamos os desgraçados e salvamos alguns inocentes, alguns infelizmente morreram.

Destes que foram salvos, alguns podiam ser contratados para nos ajudar durante as missões. Logo após seguimos para a localidade principal da missão e libertamos aquela região dos ataques da seita (maldito avião), lá conhecemos diversos membros da Resistência que apresentaram suas dificuldades e problemas (sim mais missões para o mapa). Em nossa primeira hora de jogo constatamos que a liberdade é total, isto por si só já é um baita incentivo à exploração do mapa, o que faz de Far Cry 5 um jogo superior à todos anteriores da série.

arco e flecha ilha far cry 5

A progressão do personagem também faz uso dos recursos do mundo aberto em Far Cry 5, uma prova disso são as diferentes abordagens que você pode utilizar na execução das missões, diferentes armas, diferentes Fangs and Guns, diferentes veículos etc. Assim como na exploração, não existe uma linearidade a ser seguida para completar as missões, se você não tem gosto pelo arco e flecha pode usar uma semi-automática com silenciador e executar a mesma tarefa, tudo isso graças a um gameplay acessível e dinâmico.

Os pontos recebidos ao completar as missões podem ser utilizados para desbloquear novas habilidades do personagem e consequentemente novas possibilidades de completar os desafios. A melhor forma de evoluir o personagem são realizando missões secundárias, não que fazendo apenas as missões principais você não evolua, porém algumas missões principais as vezes podem necessitar de recursos que você ainda não tenha desbloqueado.

É notório o esforço (com sucesso) da Ubisoft em harmonizar o mundo de Far Cry 5 para que todas as atividades conciliassem a fim de mostrar ao jogador que ele é o responsável pelo crescimento do personagem.

acampamento edens gate far cry 5

Um ponto importante que deve ser destacado em Far Cry 5 é o fator replay, a campanha tem duração média de 12 horas, completando apenas as missões principais da história, porém se o jogador realmente se empolgar (o que não é difícil) em explorar todos os cantos do mapa, executando as missões secundárias, ajudando os NPCs, realizando as missões da resistência, missões de caças, melhoria total de personagem etc, claramente é possível triplicar a duração do jogo.

Não podemos esquecer que além da campanha principal, Far Cry 5 receberá quatro DLCs que vão adicionar mais algumas horas de jogatina. A DLC mais interessante de todas é com certeza Far Cry Arcade, que segundo a Ubisoft implementa o conceito de GamePlay Infinito, onde os jogadores podem criar mapas diversos e compartilhar com a comunidade.

A parte que merece menos destaque é o visual, Far Cry 5 é lindo, porém continua utilizando a engine Dunia 2, um motor gráfico modificado a partir da CryEngine. Altamente competente, a engine consegue entregar uma qualidade gráfica muito boa, especialmente em iluminação de objetos e ambientes, mas parece estar um pouco defasada. Aliás esta deve ser uma das pautas que a Ubisoft abordará para os próximos jogos, uma nova engine gráfica com mais recursos.

john seed far cry 5

A questão sonora não deixa a desejar, seja utilizando auto falantes da televisão ou fones de ouvido é possível distinguir claramente cada som, os pássaros cantando, a água correndo pelo rio, os tiros de diversos tipos de armas etc. A trilha sonora ambientada no ritmo folk/country combina perfeitamente com a atmosfera da região, tendo picos de adrenalina durante combates ou situações de perigo. Não podemos deixar de citar o excelente trabalho de dublagem, todo o jogo é legendado em português brasileiros.

O multiplayer pela primeira vez na franquia mostra sua real força, é possível jogar o modo campanha com um amigo ou abrir espaço para um lobby público. Porém onde aparentemente o multiplayer vai fazer sucesso é no Far Cry Arcade. Aparentemente a Ubisoft vai fazer o mesmo trabalho que a Rockstar faz com GTA V. Onde além do jogo principal com a campanha completa existe o mundo online, que utiliza os recursos disponíveis no jogo principal para criar um novo mundo com missões, desafios, competições etc, resta saber se isto vai funcionar.

"Maniômetro"

Gráficos9
Som9
Jogabilidade9
Diversão10
Replay10

Prós

  • Liberdade total
  • Narrativa afiada
  • Conteúdos adicionais
  • Mundo aberto

Contras

  • Engine Dunia 2 precisa ser repensada
  • Melhor divisão sonora no fone de ouvido

Conclusão

9.4Dificilmente conseguimos ver um jogo que consegue combinar uma visão artística tão variada com a necessidade de divertir um público tão diversificado, porém a Ubisoft conseguiu realizar esta façanha com Far Cry 5, Podemos afirmar que o conceito mundo aberto atingiu um novo estágio em Far Cry 5, combinado com uma narrativa muito bem elaborada e um gameplay robusto, o novo título da Ubisoft dá o exemplo de como se renovar (e melhorar) uma franquia de sucesso.

Telmo Camargo
o autorTelmo Camargo
Xbox Mania
Amante de um bom Rock n' Roll, Videogame, Corridas e Hockey, sim HOCKEY, aquele que os caras patinam no gelo atrás da "bolinha". Ahhh sim agora também Pai e um pouco menos gamer porém com Fé que tudo vai melhorar \o/